Seguidores

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Meus 50 ° Aniversário.


                                                                     Pelotas, 8 de janeiro de 2000

Meus filhos.

Quero neste dia agradecer a Deus em 1° lugar, por ter me dado a oportunidade de hoje estar completando 50 anos.Juro que nunca pensei que chegaria a ele, lembro me quando criança eu pensava no ano 2000 e dizia, neste ano terei 50 anos e hoje isto é realidade. Em 2° lugar por ter me dado vocês, 5 filhos no qual eu amo muito.
Quero homenagear cada um de vocês de uma maneira diferente.

Para a Ana Luisa:
A filha que lutei com todas as garras, desde que estava dentro da minha barriga, 1° para não abortar, pois tinha somente 17 anos e sozinha no mundo, com uma vida inteira pela frente sem perspectiva de um futuro, lutei e venci.Hoje eu a vejo não somente como filha, mas como uma mulher, também mãe e que me deu o melhor presente que eu poderia merecer que é o Nicholas. Apesar de altos e baixos em nossas vidas, sempre continuaremos amigas e seremos eternamente.

 Para o Paulo André:
O filho que mais sofri, não somente na hora do parto, mas também pelos nossos gênios fortes, que apesar de tudo e de todos, foi o que me deu mais apoio na hora em que mais precisei, não esqueço quando me disse “ estou contigo aonde for, nem que seja para baixo de uma ponte”, graças a Deus não foi preciso e hoje te vejo num patamar bem alto, graças tua garra e inteligência, tenho orgulho de ti, pois somos muito parecidos nisso, lutamos e vencemos. Agradeço a ti e a Aline, pelo neto maravilhoso e lindo que me deram o Erick. 


 Para o Luis Manoel:
Este sim é o meu poeta e sonhador, te esperei com tanto amor. Apesar de tudo tenho tanta divida contigo, nem que eu viva mil vidas poderei me redimir, mas Deus é testemunha que te amo tanto. Peço a Ele todas as noites por ti, que te ilumine, que te encaminhe na vida, principalmente que te encontres com todos os teus sonhos, teus medos... Eu te peço não mudes, pois sei que também tens um pouco de mim, sonhadora e romântica, esse nosso lado apesar de nos fazer sofrer tem também os seus méritos.

Para a Mariele:
Deus... Para essa eu não tenho palavras, porque elas seriam poucas para dizer o que sinto por ti, tu és a filha que toda mãe gostaria de ter, e eu fui à merecedora de te ter como filha, não digo como filha adotiva, pois sinceramente não te sinto assim, és minha filha mais de que de coração, és filha de minha alma. Segue sempre assim do jeito que tu és, forte, integra, amiga e com esse coração que só tu és capaz de ter. Guarda sempre os nossos segredos, viu... Sei que sempre que eu preciso falar com alguém é a ti que procuro, pois é em ti que encontro o ombro amigo. Deus te abençôe.

 Para a Tassia Tais:
Tu minha filha, veio a mim por destino, no começo não foi fácil, mas hoje eu vejo que viesses a mim para que eu pudesse enxergar a mesma dentro de ti. Hoje te conhecendo melhor, pude avaliar a minha capacidade de compreensão, de ajuda, de carinho e também de perdão. Contigo aprendi muitas coisas e pude ver não somente o teu lado elétrico, mas também o teu carinho, pois és muito carinhosa comigo. Apartir do momento que comecei a te compreender, tudo para mim ficou mais claro e fácil a nossa convivência. Te amo filha, como a mariele também és filha de minha alma.

 Para o Nicholas:
Não iras entender hoje o que digo, mas espero que no futuro entenda, esta que te adora e que te diz que és uma das coisas mais importantes da minha vida.Poderia ter chegado mais cedo, para podermos nos curtir mais, mas quem sou eu para querer mudar o destino. Desejo-te muitas felicidades e que também, sigas sendo este anjo que és, te amo muito.

 Depois vierem outros netos.... Marcelo, Nadine, Isabelle, Manuela, Maria Eduarda.

Espero ter colocado neste papel um pouco do muito que sinto por vocês meus filhos, não é fácil falar ou escrever um sentimento, se tem mil idéias, mas na hora de escrever dá um branco e não sai nada.
Um beijão para cada um de vocês.
Mãe, vó Isa.


Um comentário:

  1. Isa querida, para enganar a saudade,o melhor é fingirmos que estamos mortos!Beijos

    ResponderExcluir