Seguidores

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Onde andam meus sonhos?


Tenho sonhos perdidos nas sombras
navegando nos medos , sem futuro
embebidos em saudades de auroras.
Chora a alma, tentando romper o muro.
Sinto um vago receio prematuro
a desmaiar sobre o poente
sem achar saídas que procuro
nem os caminhos da ponte.
Até o mar de mim se esconde
foge do peito rudemente
não mata mais minha sede.
Embalo lembranças nas redes
e nos braços dos coqueiros
deixo-me voar sem grades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário