Seguidores

quinta-feira, 10 de março de 2011

Pai Nosso!


Obrigado, meu pai.
Pela fé, que colocaste em mim.
Nela encontro a coragem,
de caminhar entre espinhos.
De cruzar por tantas guerras
e continuar em pé.

Pai Nosso!

Tu és Rei dos mestres,
Senhor de toda a nação.
Feliz de quem nessa vida,
descobre que no teu caminho,
está a verdadeira lição.

Pai Nosso!

Hoje, eu olhando os dias passados,
senti-me mesmo uma Glória!
Oh! Meu pai, quantas vitórias!
Tu derramaste-me balsamo.
Deste-me colo quando eu nada era,
senão um ser sem direção,
em total aflição.

Pai Nosso!

Não me canso de agradece,
todas as vezes que acordo
e engrandecida vejo a luz.
Só tu, sabes o que isso representa
para os meus olhos,
que teve tanto medo de ficar na escuridão.
E, mas agradeço, quando no meio de tanto medo,
fez-me aprender a ver com a luz do coração.

Pai Nosso!

Já é quase Natal!
E aqui diante de ti
venho agradecer tantas vitórias.
Até a de saber-me triste, porém
ter a compreensão de que tudo
que passo, mesmo se na dor, fazem
parte do aprendizado e do entendimento
das coisas que são.

Pai Nosso!

Agradeço-te pela minha vida.
Por permitir-me fazer parte desse plano.
Agradeço-te também por todas as benções
derramadas a todos os meus irmãos.

Que as graças do nosso Sr. Jesus sejam vistas,
alcançadas e aceita por todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário