Seguidores

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Devaneios...



Fostes meu tudo, minha paixão incondicional
os meus sonhos, as melodias
meu chão, meu alicerce.


Foste a brisa da manhã que me acariciava
tu eras a pólvora, o ciúmes, a brasa, o arrebatamento
desejo intenso, foste paixão
a harmonia da dança, a intensidade do meu coração.


És ilusão, és fracasso e dor
decepção, tempestade em dia de sol
falsas promessas de dias de verão.
sonhos destruídos, queimadura de minha alma (Amor)

És a mentira a desilusão
o veneno da beleza da paixão
o algoz de meus desejos mais sublimes
foste minha inspiração, és um desconhecido.
Sou a eterna busca de sua face....

Nenhum comentário:

Postar um comentário