Seguidores

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Ah! Se eu soubesse esperar...



Ah! Se eu soubesse esperar...
Teria paciência em esperar o tempo passar, não teria tomado tantas e tantas decisões precipitadas em minha vida!
Teria eu vivido bem melhor; estaria eu hoje bem melhor, comigo mesmo e principalmente com os outros.
Ah! Se eu soubesse esperar...
Teria esperado o outro falar, sem interrompe-lo; teria evitado aqueles discussões; aquelas brigas banais; aqueles desencontros; os desamores e os dissabores da vida.
Ah! Se eu soubesse esperar....
Seria mais experiente, mais maduro, seria eu mais completo.
Ah! Se eu soubesse esperar...
Não teria sido impaciente quantas e tantas vezes como fui;
Teria esperando o sinal abrir, esperando o velhinho atravessar a rua lentamente -
Esquecendo de que um dia serei também um.
Ah! mas quanta impaciência por tão pouco; por alguns segundos, que supostamente iria ganhar.
Ah! Meu Deus, quanta pressa! Pra que?...
Se eu soubesse esperar, o quanto eu teria feito o mundo ao meu redor melhor.
Ah! Se eu soubesse esperar...
Teria esperado o tempo passar no seu devido tempo; teria vivido a minha Infância, na minha infância - teria eu brincado e vivido como criança; minha adolescência, no tempo de minha adolescência!
Ah! o quanto atualmente me arrependo de estar sempre querendo queimar etapas do processo de maturação, de amadurecimento.
Ah! Se eu soubesse esperar...
Não ficaria indagando a Deus os motivos de muitas coisas não acontecem em minha vida.
Saberia que há o tempo de plantar e tempo de colher....
Saberia que aquele "tempo perdido" dando atenção paro o mendigo da rua, não foi "perdido", foi na verdade muito bem vivido. Foi naqueles instantes que cresci, me tornado mais gente, mais humano.
É na troca que se cresce, que se aprende a viver...
Ah! Se eu soubesse esperar...
Não adianta lamentar o que já passou, temos sim é que olhar para frente, enxergar o futuro, sem contudo desprezar o passado.
Quem despreza seu passado, está condenado a cometer sempre as mesmas faltas, os mesmos erros, os mesmos pecados.
Ah! Se eu soubesse esperar...
Teria sabido viver ....

Nenhum comentário:

Postar um comentário